NdVO blog

Como criar uma página de Internet para sua pequena empresa – passos 1, 2, 3 e 4

with 34 comments

Todos sabem o quanto é fácil criar um blog ou coisas do gênero. Este post não é sobre isso.

Este post é sobre como criar sua própria página, com domínio próprio e hospedada em um computador na sua casa ou pequena empresa com IP dinâmico.

Com menos de 100 reais por ano você pode ter uma página para sua empresa com diversas funcionalidades, incluindo:

  • Página com domínio próprio: http://www.minhaempresa.com.br
  • E-mail próprio: eu@minhaempresa.com.br
  • Site hospedado em máquina própria, na sua casa ou empresa
  • Gerenciador de páginas simples e fácil de usar
  • Groupware capaz de manter uma agenda da empresa com workflow, compartilhamento de arquivos, boletins internos, dentre outros.

NOTA: Hoje já faz um tempão desde que comecei este tutorial, mas vivo sem tempo para terminá-lo. Hoje uso o DRUPAL ao invés do JOOMLA e já se vão muitos meses desde que passei meus sites para uma hospedagem profissional. Reparei, porém, que muita gente ainda passa por aqui para ler este tutorial e, por isso, resolvi continuar a escrever. Como continuo sem tempo, vou escrevendo e colocando os screenshots aos poucos. Se, eventualmente, eu conseguir terminar esse trem, disponiblizo um arquivo mais bem feito em pdf e coisa e tal. Se alguém aí quiser ajudar a escrever este post, especialmente corrigindo ou detalhando alguma coisa ou enviando screenshots, agradeço.

Requisitos

Este tutorial pressupõe o seguinte:

1- Você tem um computador com Ubuntu 7.10 desktop edition com acesso à internet; (Se você não tem o Ubuntu, saiba que ele é gratuito e pode ser baixado no www.ubuntubrasil.org)

2- Você não tem IP fixo nem está disposto a gastar uma fortuna nisso; (resolveremos isso com o serviço prestado pelo no-ip)

3- Você quer ter um domínio terminado em .br; (você não precisa, a rigor, do domínio, mas isso é necessário se você quer ter um email próprio, como em eu@minhaempresa.com.br)

4- Você nunca teve um site hospedado seja lá onde for, não é webdesigner nem hacker nem sabe html, css, java nem nada que use qualquer código, não entende nada de banco de dados mysql ou postgree; (se entende de qualquer destas coisas poderá ser útil e você provavelmente vai saber ir bem além deste tutorial)

5- Você gostaria de gerenciar o seu site completamente em interface gráfica inclusive de uma rede externa (se você não sabe o que isso quer dizer, então com certeza você quer sim);

6- Não está disposto a gastar muito diheiro e considera que uns 60 reais por ano para arcar com o domínio e o redirecionamento de DNS já está suficiente (por isso todos os programas usados serão gratuitos e este tutorial não irá te induzir – acredite – a gastar nada a mais do que o estritamente necessário);

Se você atende estes pré-requisitos, acredite se quiser, é fácil pra caramba.

Passos necessários

Estes são os passos que você terá de seguir. Vou publicar como fazer cada um deles aos poucos, mas a internet está cheia de tutoriais. Esta lista de passos pode ajudar os mais apressados a saber o que procurar.

1- Tenha em mãos um computador com linux instalado. Sugiro o Ubuntu 7.10, disponível no www.ubuntubrasil.org gratuitamente. A instalação é fácil e a internet está cheia de tutoriais;

2- Vamos instalar um software de servidor web – o Apache – é muito fácil e não exige maiores configurações se você estiver usando o Ubuntu ou outra das mais populares distribuições linux;

3- Vamos instalar um banco de dados mysql – a instalação é simples, mas exige atenção. Cuidado;

4- Agora é hora de arrumar um software de gerenciamento de bancos de dados mysql totalmente em interface gráfica. Vamos instalar o Phpmyadmin. Esse programa é para facilitar. Com ele qualquer um, até eu, gerencia o banco de dados;

5- Finalmente, vamos instalar um software de gerenciamento de conteúdo de sites (CMS). Existem muitos que são simples e muito bons. Eu tenho trabalhado com o Joomla e com o Drupal. (basta procurar na internet que vc encontra facilmente)

6- Depois vamos fazer o site (colocar algum conteúdo) e testar.

7- Uma vez funcionando, vamos adquirir uma conta gratuita no no-ip para fazer o redirecionamento para nossa máquina;

8- Depois vamos configurar o modem para estabelecer um IP interno fixo para o computador que hospedará o site e para redirecionar pedidos externos para este computador. Como eu suponho que muitos estarão usando um modem e um roteador, vamos configurar o roteador também. Aí a gente testa.

Até aqui o custo de implementação do site da sua empresa será R$ 0,00 (descontados o custo da energia elétrica, do computador e do seu tempo, claro)

9- Se tudo funcionar e vc estiver a fim de ter um domínio sejalaoquefor.com.br, então vamos agora configurar o serviço de DNS e comprar o domínio.

10- Agora que você tem o domínio, é hora de ter um e-mail. Vamos usar o Google Apps para isso.

Bem, estes são os passos. Vou explicar como fazer cada um destes, mas como estou construindo este tutorial aos poucos, enquanto eu não termino todos os passos vc pode procurar pelos que estão faltando no google. Em breve você terá um site rodando em sua empresa, seu domínio e vários outros serviços para alavancar seu negócio.


Instalando o servidor Web Apache

Instalar o Apache no Ubuntu é fácil. Estou pressupondo que você nunca ouviu falar no assunto, ok?

Certifique-se de estar conectado à Internet. Abra um terminal fazendo o seguinte (No terminal é possível dar comandos a seu linux. Você pode executar programas navegar nas pastas, enfim, é como se você tivesse aberto um computadorzinho no seu computador):

Vá em Aplicações > Acessórios > Terminal

Na janela do terminal digite o seguinte:

sudo apt-get install apache2

Digite sua senha. Note que não aparecerá nada enquanto você digita. Isto é uma questão de segurança. O terminal não mostra nenhuma marca de senha para ninguém saber o tamanho dela. Não ligue pra isso. Digite sua senha inteira e tecle Enter.

(Explicações: “sudo” é o comando para super-usuário ou administrador do sistema e é necessário para instalar programas; “apt-get” é o nome de um programinha que gerencia a instalação de pacotes, inclusive baixando-os da internet; “install” é instalar em inglês e é o comando que você quer que o programa “apt-get” faça; “apache2″ é o programa que você quer instalar).

Quando ele terminar, o Apache estará instalado. Entenda o seguinte: o Apache é um programa sem interface gráfica. Isto quer dizer que você não vai clicar em um ícone e abrir o apache. Não tem janelas nem nada. Não ligue pra isso. Se você quiser aprender mais sobre o apache, comece por aqui, mas se não quiser não tem problema. Ele já está funcionando, quer ver?

Abra o firefox (Aplicações > Internet > Navegador Web Firefox) e entre na seguinte página: localhost

“Localhost” significa “servidor local”, ou seja, você está tentando acessar um site hospedado em seu próprio computador.

Experimente agora abrir a pasta que fica em /var/www no seu computador.

Clique em Locais > Computador

Entre em Sistema de Arquivos > var > www

A pasta www contém o seu site. Como você ainda não fez nenhum site, não há muita coisa nesta pasta.

Funciona assim. Crie uma página de internet e salve-a com o nome de “index.html” nesta pasta. Depois disso, quando você digitar localhost no seu navegador de internet, ele vai abrir a página que está em /var/www.

Se você tiver dois computadores em rede, abra o firefox no outro e digite o ip interno da máquina que tem o Apache (que a gente vai chamar de Servidor). Ele vai mostrar o site que você salvou na pasta /var/www.

Nota: Para saber qual é o seu ip interno clique com o botão direito no ícone de rede que fica do lado do relógio no painel superior e escolha “Informações da Conexão”.

Pronto. Você tem um servidor web instalado e funcionando no seu computador.

Instalando um banco de dados mysql

Instalar um banco de dados no ubuntu 7.10 também é bastante fácil.
Abra um terminal (Aplicações > Acessórios > Terminal)

digite:

sudo apt-get install mysql-server-5.0

O download é de mais de 30 megas, então demora um bocadinho dependendo da sua conexão com a internet. Terminado o download a instalação começa o terminal vai te trazer a seguinte tela:

mysqlsenha

Defina uma senha para o usuário “root”. Não perca esta senha em hipótese alguma. Ela será necessária para diversos programas gerenciadores de conteúdo de sua página na internet.

Lembre-se também de que quando for acessar o seu banco de dados o nome do usuário será “root” e a senha que você definir aqui. Só para frisar mais uma vez, NÃO PERCA ESTA SENHA.

(nota : esta senha será usada por vários programas. Assim, você terá de informá-la para os programas. Se você em algum momento contratar um técnico para mexer em seu banco de dados, terá de dar a ele esta senha, mas é possível trocar a senha em qualquer momento no futuro)

Definida a senha, dê ok e aguarde o término da instalação. Prontinho, banco de dados instalado.
O mysql não tem uma interface gráfica e suponho que você não saiba lidar muito bem com isso. Suponho ainda que, como eu, você não saiba lidar com bancos de dados mysql. Então vamos instalar também um aplicativo que ajuda (e muito) leigos a lidarem com isso. Trata-se do PHPmyadmin.

Instalando o gerenciador de bancos de dados phpmyadmin

Ainda no terminal digite o seguinte:

sudo apt-get install phpmyadmin

Depois de baixado o programa, o terminal começará a instalar. Vai aparecer a tela seguinte:

phpmyadmin

Se você está seguindo este tutorial desde o início, escolha a opção “apache2″.

Se você não está seguindo o tutorial desde o início, certifique-se de que tem um servidor web instalado e qual é. Se não tiver ou não souber o que é isso, recomendo que siga o tutorial do início, caso contrário, provavelmente não vai funcionar.

Escolhido o servidor web, o terminal vai instalar o programa pra você. Pronto! PHPmyadmin instalado.

A essas alturas você já deve estar com alguma saudade da interface gráfica, não. Pois então abra o Firefox ou seu navegador web preferido e digite no endereço o seguinte:

http://localhost/phpmyadmin

(nota: “localhost” é o seu próprio computador e “phpmyadmin” é o nome da pasta que você quer acessar. Usando o Apache a pasta que fica em /var/www contém sua página de internet e lá deve haver uma pasta chamada “phpmyadmin”. Para acessar a pasta /var/www vá em “locais > computador” e entre na pasta “var” e em seguida “www” ou em um terminal digite: cd /var/www)

Na página do phpmyadmin digite seu nome de usuário (root) e a senha do banco de dados mysql que você definiu no passo anterior.

phpjan2 janphpmyadmin

Pronto. Não crie um banco de dados agora a não ser que você saiba o que está fazendo.

O próximo passo agora é fazer nossa página de internet, o que vamos fazer com a ajuda de um software de gerenciamento de conteúdos (CMS). Existem vários que você pode escolher. Se não quiser esperar até que eu continue este tutorial, você encontrará e poderá testar e aprender a instalar vários CMS no site www.opensourcecms.com.

Instalando Software de Gerenciamento de Conteúdo

Fiquei entre 3 softwares de gerenciamento de conteúdo (CMS) para postar aqui: Drupal, Joomla e Bitweaver.
Todos têm uma instalação muito fácil, mas acabei optando por ensinar a instalação do Joomla em função do tamanho da comunidade dele e de sua facilidade de administração.

1- Bem, o primeiro passo é baixar o programa aqui. (Há uma versão totalmente em português de Portugal que você pode baixar aqui)

2- Depois de baixar o arquivo, mova-o para a pasta /var/www do seu Ubuntu. Você pode fazer isso com ou sem interface gráfica. Simplesmente copie o pacote do lugar onde você o salvou e cole-o na pasta /var/www.

(Se houver problemas de permissão, aperte Alt+F2 e digite, na tela que vai abrir: gksu nautilus . Com isto você abrirá uma janela como super usuário e não será incomodado por problemas de permissão. CUIDADO! Como super usuário você pode fazer o que quiser e, por isso, pode apagar arquivos importantes do sistema. NÃO MEXA nos arquivos da pasta /var a menos que você saiba o que está fazendo. Mexa somente nos arquivos que nós mesmos vamos colocar na pasta /var/www.)

3- Depois de mover o pacote para a pasta /var/www, descompacte-o (Clique com o botão direito e selecione “extrair aqui“).

4- Mude o nome da pasta que vai surgir para “joomla”. (Clique com o botão direito, selecione “renomear” e digite “joomla”).

Agora, por precaução, faça o seguinte:

5- Altere as permissões de todos os arquivos dentro da pasta para permitir a leitura pelo usuário do servidor de internet.

Para fazer isso facilmente abra um terminal e digite:

sudo chown www-data.www-data /var/www/joomla -R

Isto feito, todas as permissões devem estar OK.

6- Agora abra seu navegador de internet e entre no seguinte site: http://localhost/joomla. (note que este site está no seu computador – localhost significa o servidor local e /joomla significa a pasta joomla).

Vai aparecer no browser o instalador do joomla.

Na primeira página você vai digitar: 1- o nome do servidor. (Deixe “localhost” que significa o computador local); 2 – O nome de usuário do banco de dados mysql que você definiu anteriormente; 3- A senha do usuário do banco de dados mysql que você definiu anteriormente; o nome do banco de dados a ser usado (deixe como joomla); 4- o prefixo de nome de tabela (isto é útil quando mais de um programa utiliza um mesmo banco de dados (deixe o valor padrão). Não altere mais nada.

joomlaum

É necessário informar corretamente o nome e a senha do usuário do banco de dados, conforme o passo “instalando o banco de dados” acima.

Na segunda página do instalador você digitará o nome do seu site.

joomladois

No terceiro passo você digitará o seu domínio (caso você não tenha um domínio ainda, já que nós ainda não chegamos neste passo, coloque simplesmente http://localhost. Isto terá de ser alterado quando tiver um domínio)

111-1152022410.gif

No passo quatro você receberá um nome e senha de administrador. Anote-os para poder alterar depois. Agora que o instalador automático terminou o serviço dele é necessário que você apague ou renomeie a pasta de instalação do joomla. Esta é a mensagem que está aparecendo nesta tela.

joomlatres

Para fazer isso, abra um navegador de arquivos, preferencialmente como root (Pressione Alt+F2 e digite: gksu nautilus). Navegue até a pasta /var/www/joomla e delete ou renomeie a pasta installation.
Prontinho. O joomla está instalado. Para ver o site abra o Navegador de Internet e entre no link http://localhost/joomla.

Construindo o site

Esta é a parte mais complicada. Normalmente sempre achamos que o difícil é fazer os códigos ou entender as ferramentas. Na verdade o mais difícil é criar e organizar o conteúdo.

Vamos fazer um planejamento bem simples para construir nosso site:

1- Identifique que informações sua empresa já tem e que podem ser disponibilizadas no site;

2- Identifique que informações você gostaria de sua empresa tivesse para disponibilizar no site;

3- Identifique que informações seus clientes mais gostariam ou necessitam que estejam no site.

Feito isto, é necessário pensar em uma organização para o site. O template (a aparência), podemos simplesmente pegar uma das muitas que já existem. Precisamos, de qualquer forma, definir como as informações serão acessíveis.

A forma mais simples é construir um menu. Eu sugiro o seguinte, começamos sempre pelo que o seu cliente quer ver e saber, e não o que você tem ou quer mostrar. Coloque estas coisas no menu mais fácil de achar e mais visível ou, se possível, logo na primeira página. Este menu pode ser meio bagunçado. A idéia é simplesmente colocar o mais importante e buscado de forma fácil.

Depois, pense em organizar as demais informações por tema. Isto não é tão simples quanto parece. Se não for informação demais, coloque um menu para cada tema logo na primeira página.

Bem, e der um branco total e eu simplesmente não souber o que colocar no site?

Faça o seguinte: se você tiver qualquer tipo de ferramenta colaborativa ou com interatividade, ponha-a na primeira página ou um link para ela na primeira página (fóruns, discussões, comentários dos usuários, etc.). Se seu site tem imagens, ponha exemplos de imagens. Tem notícias, ponha exemplos de notícias.

Deixe sempre para um menu mais escondido coisas do tipo “quem é quem”, “missão”, “história da empresa” e coisas assim. Quase ninguém dá a mínima para isso.

Identifique o que sua empresa faz (de preferência também com imagens) e não se esqueça de colocar um endereço, telefone e um formulário para contato. Sem isso você perde credibilidade.

Se o que você quer é simplesmente uma página para sua empresa constar da internet, faça um texto como:

“J&J materiais de construção.

Materiais de qualidade comprovada e preços baixos. Atendemos em toda a região de Mangabeira e Manjericão.

Conheça nossos produtos e faça seu pedido ou entre em contato.”

Um texto pequeno assim com uma ou duas fotos de seus produtos pode ser o suficiente para que sua empresa receba uma ligação do cliente interessado.

A interface do Joomla para administrar conteúdo é relativamente simples, mas é em inglês.

A parte de customização, incluindo alteração da aparência e inserção de conteúdo é a parte mais complexa. Se você não entende nada de html e css eu sugiro que você escolha um template já pronto (há muitos para escolher) e se concentre em decidir o que vai ter no site da sua empresa.

Os próximos passos agora são: 1- traduzir o joomla para português (basta baixar um pacote para isto, não se preocupe); 2- Aprender a mexer com o joomla para poder editar as páginas e organizar o conteúdo do seu site; 3- Escolher um template para alterar a aparência do seu site.

Por enquanto vamos pular a parte de efetivamente construir o site, porque nisto se vai muito trabalho.

Quando você estiver satisfeito com seu site e decidir que ele efetivamente deve entrar no ar, chega a hora de conseguir um domínio.

Redirecionando um domínio para sua máquina

Para que você possa acessar seu recém criado site de qualquer lugar além de sua própria casa ou loja, você vai precisar de um endereço de internet, um domínio. Você pode conseguir um desses no http://registro.br por 30 reais por ano. Se você quer algo ainda mais barato, visite o site http://no-ip.com e faça uma conta.

Uma vez criada a conta, crie um host/redirect.

Depois disso, você precisa instalar um programinha na sua máquina que avisa ao no-ip qual o seu ip atual.

Para fazer isso no Ubuntu ou no Debian, digite o seguinte no terminal:

sudo apt-get install noip2

Você vai precisar precisar digitar seu recém criado login e senha do no-ip e escolher quais dos hosts/redirects que você quer hospedar neste computador.

Feito isso, é importantíssimo notar que o no-ip vai apontar o domínio para seu computador e qualquer pessoa no mundo poderá acessá-lo. Isto pode ser um problema de segurança muito sério. Você precisará configurar o seu modem tanto para permitir que a página de internet no seu computador seja acessada quanto para proibir que acessem outras coisas além disso e, desta forma, danifiquem ou roubem dados na sua rede interna.

Para acessar seu modem, abra o Firefox e acesse o seguinte endereço:

http://10.1.1.1

Ele deverá te pedir uma senha. Se você não sabe quais são o usuário e senha, provavelmente é o seguinte:
usuário: admin
senha: admin (ou deixe em branco)

Mude a senha imediatamente. NUNCA DEIXE A SENHA DO SEU MODEM COMO DEFAULT. Com ou sem usar o no-ip, é extremamente importante que você crie uma senha no modem. Sem isso hackers podem entrar nele e desconfigurar sua internet ou, muito pior, acessar sua rede interna.

Após mudar a senha, você vai precisar: 1- Dar um IP interno fixo para a máquina que está rodando o Apache; 2- Redirecionar acessos externos na porta 80 para a máquina para a qual você deu o IP interno fixo.

Esta tarefa varia de modem para modem e se você usa também um roteador, precisará configurar também ele.

Configurar o modem e o roteador é, provavelmente, a mais sensível e espinhosa tarefa pela qual precisamos passar para rodar um site em casa ou na loja. Até que este tutorial esteja mais completo, sugiro que você pesquise um pouco na internet sobre como configurar seu modem, como dar um ip interno fixo e sobre os problemas de segurança que essa operação pode trazer.

About these ads

34 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. esa empresa e uma empresa de prestacao de servicos na area de capotaria e estofaria em geral, e contrucao civil quero a presentar nesta pagina os produtos que sao fabricados nesta pequena empresa

    igolberto alves dos santos

    08 novembro 2007 at 8:36 pm

  2. O tutorial ainda não está pronto, mas vou incluir a instalação de programas que gerenciam galerias de imagens e até mesmo que fazem comércio eletrônico. O sr certamente poderá utilizar algum para sua empresa.
    De qualquer forma, os passos para criar o site já estão colocados no início do artigo. Até que o artigo esteja pronto uma pesquisa rápida no google pelos nomes dos programas a serem usados deve resolver o problema.
    O importante é saber que ter um site na internet é simples e dá pra fazer só com ferramentas gratuitas. Existe, é claro, o custo do computador e da banda larga, mas muitas empresas já arcam com esse custo e poderiam facilmente melhorar sua gerência com as ferramentas disponíveis.

    ndvo

    08 novembro 2007 at 9:05 pm

  3. meu sonho e ter minha própria pagina para divulgar meus trabalhos sou um fotógrafo e preciso urgentemente de uma oagina so que essa lingua que voces usam e um pouco desconhecida pra mim mas com geitinho chegaremos lá.

    Alexandre Luiz Fidelis

    08 dezembro 2007 at 10:38 am

  4. Olhe, é bem simples fazer uma página para divulgar seu trabalho como fotógrafo. Tudo bem que a linguagem que a gente usa pode complicar um pouco, mas se é só uma página com uma galeria de imagens que você quer fazer, é bem simples.
    Se você quiser vender suas imagens pelo site pode ficar um pouquinho mais difícil.
    Bem, se você não quer gastar nenhum tostão com sua página, este tutorial vai te ajudar. O tutorial ainda não está pronto, mas em breve vai ser suficiente para você.

    ndvo

    08 dezembro 2007 at 2:03 pm

  5. sou empresario mas preciso de de uma pagina de internet para mim colocar pastas, arquivos ,musicas ,videos , e etc……….

    misael 2008

    03 janeiro 2008 at 9:50 pm

  6. Bem, aí depende. Você quer apenas compartilhar arquivos ou você quer um groupware para sua empresa. Nos dois casos é possível e fácil fazer isso.
    Dê uma olhada no http://www.google.com/a
    Se isto não te satisfizer, então eu sugiro que você instale um software de groupware. Um groupware é um aplicativo que te permite compartilhar arquivos, escrever textos colaborativamente, manter um calendário e agenda da empresa e coisas assim.
    Para instalar um groupware você pode fazer o seguinte:
    1- Tenha um computador para servir de servidor
    2- Instale um sistema operacional simples e fácil de usar. Sugiro o Ubuntu 7,10 (é fácil achar e baixar de graça na internet)
    3- Instale o apache, o mysql, o phpmyadmin (você viu como fazer isto acima, né?)
    5- Instale o e-groupware (basta digitar “sudo apt-get install e-groupware” em um terminal)
    6- Abra um navegador no computador que serve como servidor e digite “localhost/egroupware” ou conforme você configurou na hora da instalação.
    7- O resto dá pra pegar fácil.
    8- Configure seu modem e roteador para fazer o port fowarding para o seu servidor para acessar de outros computadores ou de fora da rede. Se for o caso, compre um domínio ou utilize um gratuito. Sugiro dar uma olhada no site no-ip.com
    Bem, é isso. Isto não foi um tutorial, mas apenas uma relação dos passos necessários. Dá pra fazer um bom groupware sem gastar muito.

    Se você quer algo útil e simples para uma pequena empresa, sugiro o google.com/a . Se você precisa de algo mais complexo pode seguir os passos que falei e instalar seu próprio groupware.

    ndvo

    14 janeiro 2008 at 7:57 pm

  7. Ola, muito boa sua iniciativa de ajudar a galera, so que eu tive alguns problemas aki, quando instalei o mysql nao apareceu a tela para definir a senha, e quando tentei entrar na pasta www, tambem pediu nome de usuario e senha…

    Roger

    23 janeiro 2008 at 3:42 pm

    • A pasta www pertence ao usuário do Apache (chamado www-data). Note que quando o Apache é instalado, ele cria para si um usuário. Para que você possa editar a pasta www você precisa ser root ou então dar o seguinte comando no terminal: (supondo que seu nome de usuário seja USUARIO
      sudo chown USUARIO.USUARIO /var/www -R

      E voilá. Se o mysql não pediu uma senha, tente dar o comando:

      sudo dpkg-reconfigure mysql-server

      ndvo

      21 setembro 2009 at 11:40 pm

  8. cara, quando eu tento entrar no localhost, ele tenta entrar no meu modem

    Roger

    23 janeiro 2008 at 3:48 pm

  9. Isto eh porque voce nao deve ter um servidor web instalado. O localhost eh o endereco que vc utiliza para acessar um site hospedado no seu proprio computador.
    Instale o Apache e a partir dai o localhost vai apontar para o seu proprio servidor web.

    Quando a pagina estiver pronta sera necessario configurar o modem para deixar passar as requisicoes dirigidas ‘a porta 80.
    Isto foi materia de um outro post.

    Mas a coisa eh essa. O primeiro passo eh instalar o Apache, ok?
    (Desculpe a falta de acentos, mas eh que estou tentando aprender a usar teclados Dvorak e ainda nao me habituei com a coisa)

    ndvo

    24 janeiro 2008 at 12:31 am

  10. Se vc esta usando o Ubuntu e nao digitou uma senha para o mysql, entao instale o phpmyadmin (supondo que vc ja instalou o apache)

    sudo apt-get install phpmyadmin

    Depois de instalado acesse a pagina

    localhost/phpmyadmin

    Digite o nome de usuario como

    root

    e deixe a senha em branco

    Dentro do phpmyadmin vc pode mudar a senha.

    Se isto nao resover, tente o seguinte

    sudo dpkg-reconfigure mysql-server-5.0

    Ele deve pedir pra vc definir a senha de novo. Se nada disso der certo, poste aqui a mensagem de erro

    ndvo

    24 janeiro 2008 at 12:36 am

  11. eu quero um cronstruçao com direitos autorais reservados responsabilisando por qualquer dano moral …….

    helio daniel alves

    25 fevereiro 2008 at 9:45 pm

  12. Não entendi direito o que você quis dizer, mas parece-me que disse que quer um site com direitos autorais reservados.
    Se for isso, tudo bem. O fato de você utilizar ferramentas livres não quer dizer de maneira nenhuma que o conteúdo publicado seja livre também.
    Se, por outro lado, vc quer construir o site com ferramentas proprietárias para poder processar alguém caso a ferramenta dê problema, te adianto que os contratos de licença excluem esse tipo de responsabilidade.
    Por fim, devo dizer que não utilizo ferramentas proprietárias e, por isso, infelizmente não posso ajudar se vc realmente quiser ferramentas com tais licenças.

    ndvo

    26 fevereiro 2008 at 12:34 am

  13. GOSTARIA DE SABER SI POSSO CRIAR UM SAITE COM VENDAS NA MINHA PROPRIA PAGINA EM QUE POSSA ANUNCIAR PRODUTOS NO QUAL QUEM ACESSAR PODE ESCOLHER O PRODUTO POR COR TAMANHO ETC.. E QUE EU POSSA TER ANUNCIANTES EM MINHA PROPRIA PAGINA SI PUDER ME RESPONDER POR MEU E-MAIL EU AGRADEÇO

    LEANDRO_CORINGA@YAHOO.COM.BR OBRIGADO
    LEANDRO GALVÃO

    LEANDRO

    01 março 2008 at 7:50 pm

  14. Caro Leandro,

    É possível sim criar um site de comércio eletrônico só com ferramentas livres e gratuitas. Sugiro que você procure pelo ZenCart, que é um gerenciador de conteúdo para web que faz comércio eletrônico e é muito fácil de usar e customizar.

    Abs,

    ndvo

    09 março 2008 at 9:56 pm

  15. como eu crio

    nilton

    05 junho 2008 at 7:04 pm

  16. blusas para clans de counter strike

    fabio

    14 setembro 2008 at 2:25 pm

  17. gostaria de saber como eu faço pra criar um site de comercio eletrônico de minha propia empresa,onde posso expor os meus trabalhos e vender tb,pois trabalho com telemensagens,mensagens ao vivo,cestas de café da manhã e flores etc,tem algum profissional que possa estar me ajudando?
    meu email: edineiageike

    edineia

    24 setembro 2008 at 10:10 pm

    • Edineia, se o que vc quer é alguém para montar um site para você, posso indicar muita gente boa. Uma dica: não coloque seu email em blogs, pois pessoas mau intencionadas podem encher sua caixa de email de porcarias. Apaguei uma parte de seu email para evitar isso, ok?

      ndvo

      21 setembro 2009 at 11:43 pm

  18. Pode até ser bom, mas o Linnux não é a minha plataforma de trabalho e não gostaria de mudar para ela.
    Minha pergunta é.
    Posso programar meu site através do Windows Vista Home Premium?
    Se sim, qual é o link para o tutorial do WordPress, plataforma Windows Vista?
    Desde já, obrigado pela atenção.

    joaobosko

    06 outubro 2008 at 11:10 pm

    • Nunca usei o Windows Vista em toda minha vida. Para usar o WordPress tanto faz o sistema operacional. Acesse wordpress.com e lá você vai poder criar seu blog rapidinho. (Nota: criar um blog no wordpress, por melhor que seja, não é exatamente a mesma coisa que criar um site com Drupal ou Joomla)

      ndvo

      21 setembro 2009 at 11:44 pm

  19. jogos e gratis

    thiago

    14 outubro 2008 at 12:00 am

  20. O servidor do site não é o mesmo computador que você usa no dia a dia. Reserve um servidor especialmente para o site.
    Certamente é possível instalar seu site em um servidor com o Windows, mas eu não posso te ajudar nisso pois o Windows “não é a minha plataforma de trabalho e eu não gostaria de mudar para ela”

    ndvo

    21 outubro 2008 at 12:49 am

  21. Bom dia, smpre tive curiosidadee vontade de ter uma página na web, hoje como estou quase aposentado e mobilidade redusida, penso em abrir uma imobiliária, abservo os site de imobiliárias uns são ótimos outros são péssimos, sou muito exigente mas infelismente não disponho de recursos financeiros.
    O meu IP é fixo pois meu speedy tenho desde o ano de 2000, e naépoca eu não quis fazer alteração,acho que fiz bem,não sei, bem uso o VISTA isso muda ou melhora alguma coisa, o Sr sabe dizer o custo para eleboração de uma pagina por profissional da área e de forma que as alterções inclusão de fotos e dados dos imóveis eu possa fazer. Muito obrigado e tudo de bom.
    Valdemir
    Indaiatuba / SP

    Valdemir

    25 novembro 2008 at 11:52 am

    • Usar o Vista não ajuda em nada, até onde eu saiba. Se você vai contratar um profissional, o preço só do desenvolvimento pode variar entre R$ 1.000,00 e mais de R$ 10.000,00 a depender do tipo de coisa que você quer no site. Se você quer só colocar textos e fotos em locais pré-definidos de um site, sugiro criar um blog, simplesmente, e apontar para o blog o endereço (domínio) que você quiser. Assim, se seu domínio é minhaimobiliaria.com.br, crie uma conta do no-ip e crie um blog no wordpress. No no-ip aponte o domínio para o blog e pronto. Trabalhe gratuitamente com o wordpress.

      Abs

      ndvo

      21 setembro 2009 at 11:48 pm

  22. estou montando um site para hospedar artigos tecnicos e video aulas sobre desenvolvimento de sitemas, banco de dados, linguagem de programação etc…
    gostaria de saber onde posso encontrar templates free para esse tipo de negocio?

    tarcisio

    26 fevereiro 2009 at 11:37 am

    • Templates? Você quer dizer temas?
      Você encontrará excelentes temas em themegarden.org e joomla-themes.co.uk

      ndvo

      21 setembro 2009 at 11:49 pm

  23. olha instalei tudo mas falta configurar o moldem ou coisa do tipo ja uso o ubuntu a algum tempo des de a versao 8.04 depois 8.10,agora to na versao 9.04 jaunth
    sempre quis ter um site ja li muito sobre o assunto inclusive chegue a escrever html usando o notpage no windows mas ja faz algum tempo que so uso o linux e raramente o windows tenho um laptop dual boot XP ,linux eu mesmo configurei estou tentando fazer uma webpage para me abituar com os procedimentos e peco ajuda se possivel como teste vou usar meu laptop para criar algo qualquer e quando tiver pratica pretendo ter um servidor.
    falta as partes abaixo do seu tutorial

    6- Depois vamos fazer o site (colocar algum conteúdo) e testar.

    7- Uma vez funcionando, vamos adquirir uma conta gratuita no no-ip para fazer o redirecionamento para nossa máquina;

    8- Depois vamos configurar o modem para estabelecer um IP interno fixo para o computador que hospedará o site e para redirecionar pedidos externos para este computador. Como eu suponho que muitos estarão usando um modem e um roteador, vamos configurar o roteador também. Aí a gente testa.

    Até aqui o custo de implementação do site da sua empresa será R$ 0,00 (descontados o custo da energia elétrica, do computador e do seu tempo, claro)

    9- Se tudo funcionar e vc estiver a fim de ter um domínio sejalaoquefor.com.br, então vamos agora configurar o serviço de DNS e comprar o domínio.

    10- Agora que você tem o domínio, é hora de ter um e-mail. Vamos usar o Google Apps para isso.

    por favor me manda um email

    observacao quando o tutorial ficar pronto faz uma versao PDF pra gente baixar…se possivel

    gustavo

    20 setembro 2009 at 7:34 pm

  24. detalhe cheguei aqui olhando o tal do komposer mas quando tava mexendo no joomla parece que ele fas site ou so os organiza se e isso que entendi?

    gustavo

    20 setembro 2009 at 7:40 pm

  25. passei a tarde tentando configurar esse trosso mas sem sucesso
    help me
    tenho apache
    o tal joomla
    ja pegue mais ou menos a manha no joomla
    mas nao consegui configura meu moldem no caso um buffalo wireless uso dsl cable ja fiz a tal conta no tal do no-ip mas nao sei juntar tudo …

    gustavo

    21 setembro 2009 at 12:41 am

    • Cara, você precisa fazer o seguinte:

      No seu modem (ou roteador):
      Criar um ip interno fixo para sua máquina (onde está o servidor de internet)
      Criar uma regra de “port forwarding” para redirecionar a porta 80 para o ip interno fixo que você definir.

      No no-ip:
      Criar um “host/redirect” com um nome gratuito fornecido pelo no-ip, como “meusite.no-ip.org” ou “meusite.geekgalaxy.com”

      No seu computador:
      instalar o noip2 com o comando:
      sudo apt-get install noip2
      rodar o noip2 com o comando:
      sudo noip2

      Eu sei que não expliquei nada em detalhes, mas acho que isso já vai te ajudar a encontrar o caminho das pedras enquanto não consigo terminar o tutorial. Qqr coisa posta aí suas dúvidas.

      ndvo

      21 setembro 2009 at 11:56 pm

  26. LOJA

    DALVA RODRIGUES

    07 fevereiro 2010 at 9:15 pm

  27. DUDA JEANS

    DALVA RODRIGUES

    07 fevereiro 2010 at 9:16 pm

  28. Ótimo post, parabéns!

    Saint Clair

    18 abril 2014 at 12:05 pm


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 42 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: